segunda-feira, 19 de abril de 2010

Acampamento: um guia de primeira viagem

Na saga pela Serra do Cipó, deu pra aprender muita coisa. A primeira é que a hospedagem muda completamente a estadia. Eu poderia ter alugado uma casa com alguns amigos ou ficado em um quarto de pousada, mas resolvi ir de mochila nas costas e acampar simplesmente pela sensação que isso causa. Em segundo lugar, é preciso estar preparado para isso. Para aproveitar bem sua viagem, segue algumas dicas baseadas nos acertos (e em alguns erros) da minha:

(Botas, panela, colchão. Algumas coisas que você precisa levar na sua mochila (e outras nem tanto). Foto tirada desse link)

Barraca: Você não precisa de uma super luxo, mas também não escolha a mais barata. É importante ficar atento a duas coisas. Uma delas é o tecido: as baratinhas são muito finas e, em uma chuva forte, não vão se manter secas. Escolha uma barraca com pano mais grosso ou que venha com uma "camisinha", um tecido avulso que você coloca por cima da barraca para proteger da chuva e manter a temperatura mais amena.

A outra coisa que você deve ficar atento é o tamanho da barraca. Não se deixe levar pelas indicações da embalagem. Mesmo que esteja escrito que ali cabem uma, duas, três ou vinte pessoas, abra e confira. Peguei uma barraca emprestada que ainda nunca tinha sido usada. No plástico dizia que era pra três, mas juro que só cabiam duas. E ainda tinham as malas! Quando abri, fiquei meia hora olhando pra ela e pensando "o colchão não vai entrar. Já era. Vamos dormir ao relento". Por sorte, ela era exatamente o tamanho de um colchão inflável para casal. Ela era minúscula. A impressão que dava, olhando do lado de fora, era a de que a gente tinha levado a "cabana do Gugu".

(Eu, dentro da cabaninha do Gugu - dividindo todo esse maravilhoso espaço com outra pessoa e malas)

Apetrechos: Há alguns utensílios que nem todo mundo lembra, mas que quebram nosso galho.

- Colchão inflável: pode ser chato de encher, mas é confortável e compacto (o difícil é quando fura...)
- Pano: para estender no chão. Sem ele, ou você fica o dia inteiro sentado na barraca ou suja todas as suas roupas na terra.
- Lona: É bom ter uma para colocar embaixo da barraca para não sujá-la e impedir que entre água em caso de chuva.
- Raquete elétrica: no verão é uma maravilha! Com uma dessas você vai fazer mais do que afastar os pernilongos, como faz o repelente, você vai matá-los (cruel, mas necessário).
- Lanterna ou lamparina: essa é de lei. Se preferir uma lanterna fique atenta a força da luz. Algumas são mais fortes, mas não chegam muito longe. Outras são mais fracas, mas abrangem um campo maior de visualização. As lamparinas são mais trabalhosas e mais difíceis de carregar, mas iluminam como lâmpadas.
- Rádio: não é uma necessidade de vida para todos (apesar de ser para mim). Há modelos de rádios e amplificadores portáteis a pilha. É só conectar ao mp3 e voilá.

(Um dos amplificadores a pilha mais bonitos e potentes que já vi. Tem 4 x 10 cm e cabe em qualquer mala. Foto tirada desse link)

- Remédios: pode até parecer coisa de mãe, mas leve tudo o que costuma usar e também o que não costuma. Febre, dor de cabeça, alergia, pode acontecer de tudo e é bom estar preparado.

Passeios: cachoeiras, lagoas, trilhas, esportes radicais. As possibilidades são várias e procuram integrar o turista a natureza do local.

- Se conheça: não faça nada que não tenha certeza que você não dá conta. Quer visitar aquela cachoeira linda que está a 6 km de distância do camping? Pense que você vai ter que ir e voltar. São 12 km. Se não tiver certeza que dá conta, não vá.
- Informação: nunca é demais. Pergunte onde é, se o caminho é difícil, se precisa de guia, se pode nadar...
- Coisinhas: para qualquer canto, carregue sempre toalha, protetor solar, chinelo e uma garrafa d'água.

(Paisagem entre a Cachoeira do Tomé e a Cachoeira Grande)

O site O Campista traz az experências de um casal que acampa há mais de 30 anos. Há ótimas dicas e relatos capazes de convencer qualquer um que acampar é uma ótima forma de viajar. Outro site muito bom, mas mais impessoal, é o MaCamp. Ele traz dicas, guias de camping pelo país e notícias sobre o tema. Para uma lista completa do que levar entre nesse link da Veja.

*Baseado na matéria "De mala, barraca e cuia" publicada no site do FUNtástico, nesse link.

3 comentários:

  1. Organizado pela KLG Editora Ltda

    – 1º edição do Concurso de fotografia de paisagens da Serra do Cipó.


    TEMA: CAMPOS RUPESTRES

    OBJETIVO

    Esperamos que o 1º CONCURSO DE FOTOGRAFIA DA SERRA DO CIPÓ encoraje os amantes da fotografia a usar sua criatividade e a mostrar e divulgar este santuário ecológico da Serra do Cipó, bem com a sua importância no contexto de eco turismo em Minas Gerais e no Brasil.

    PARTICIPANTES.


    Poderão participar fotógrafos profissionais e amadores, com mais de 16 anos, de qualquer nacionalidade.

    A inscriçãoé gratuita e deverá ser feita pelo site http://fotosserradocipo.blogspot.com supõe aceitação total deste regulamento.

    ResponderExcluir
  2. comprei desse site http://www.mercadozets.com.br/ e gostei o site entrega rapido e com nota fiscal e garantiA

    tem berço eletronicos celulares tv notebook computador acessorios para carros brinquedos artigos infantis e muito mais

    ... tem mais de 2000 proutos
    ... ... ...
    COLCHÃO INFLAVEL CAMPING

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=colchao&IDCategoria=178

    CAMPING

    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=178

    ResponderExcluir
  3. Legal demais André! Eu também gosto muito do site do Trilhas e Aventuras (apesar de as coisas serem um pouco mais caras): http://www.trilhaseaventuras.com.br/index.asp

    ResponderExcluir