quinta-feira, 19 de agosto de 2010

O que fazer no Porto - 2ª Parte

2º passeio: Centro

TRAJETO: Pegar o Metro dos Aliados até a Avenida dos Aliados. Subir a Avenida até a Igreja de Santa Clara. Descer de novo até a Avenida e lanchar no Café Guarany. No final está a Praça da Liberdade. Seguir a direita pela Rua dos Clérigos e depois até a Rua Filipe de Nery. Visitar a Igreja e a Torre dos Clérigos. Em um canto da praça está o Centro Português de Fotografia e, no outro, a Livraria Lello.

Voltar a Praça da Liberdade. Descer a direita e visitar a Estação Ferroviária de São Bento. Subir de novo até a praça e seguir pela rua Sá de Bandeira (o restaurante Abadia está em uma rua paralela). Virar a direita na Fernandes Tomás. Lá está a Capela das Almas e o Mercado do Bolhão. Virar a esquerda e descer pela rua Santa Catarina. Lanchar no Majestic Café, dois quarteirões a frente do início da rua.

Avenida dos Aliados
É onde está o atual centro administrativo de Porto. Tem dezenas de prédios históricos. No canteiro central da avenida há cafés e banquinhos para as pessoas descansarem.

(A grande Avenida dos Aliados)

Igreja de Santa Clara
Construída no estilo manuelino, a igreja foi fundada no ano de 1416. No seu interior é possível ecnontrar um dos melhores exemplares de talha dourada do período joanino. A igreja fica no Largo 1º de Dezembro e funciona normalmente, com a diferença de que fecha de 12h as 15h30. Aos domingos ela fica aberta somente de 10h as 12h. E todos os dias... é de graça.

Igreja e Torre dos Clérigos
Igreja em estilo barroco construída entre 1732 e 1750. Ela foi montada para a irmandade dos Clérigos, que reunia três instituições beneficientes. A Torre foi a última construção do conjunto dos Clérigos. Ela tem 6 andares e 75 metros. Do alto, tê-se uma vista panorâmica de toda a cidade. A igreja é aberta à visitação todos os dias, de 10h às 19h, e nos fins de semana de 14h às 17h. A entrada é gratuita, mas para subir na Torre é preciso pagar 2 euros. Um preço irrisório para uma paisagem tão bonita!

(Torre dos Clérigos e a vista do Porto lá do alto. Primeira foto tirada desse link)

Centro Português de Fotografia
Antigo edifício da cadeia da Relação, o local abriga exposições de fotografia e uma biblioteca. Há também uma coleção de câmeras raras. Vale a pena entrar no site para saber quais são as novas exposições. O Centro fica ao lado da Torre dos Clérigos e funciona de 10h as 18h. Nos fins de semana fecha uma hora mais tarde. A entrada é gratuita.

Livraria Lello
Inaugurada em 1906, um dos únicos prédios na cidade a apresentar uma fachada neogótica. Por dentro, escadarias vermelhas em espirais e detalhes em dourado. É considerada a terceira livraria mais bonita do mundo. O funcionamento (como não poderia deixar de ser) segue o horário comercial.

Estação de trem de São Bento
Foi inaugurado em 1916, na Praça de Almeida Garret. Antigamente, o local era o Convento de São Bento de Ave Maria. O átrio principal é revestido com mais de 20 mil azulejos. A obra é do pintor Jorge Colaço e faz alusão a várias cenas da história portuguesa.

(Estação de São Bento mais do que cheia. Metade eram turistas que não estavam nem aí para o fato de aquilo ser uma estação, e sim um ponto turístico)

Mercado coberto de Bolhão
Mercado típico da região. Lá os moradores de Porto fazem suas compras, entre frutas, queijos, vinhos, temperos e outros artigos. O endereço é Rua Fernandes Tomas, mas como não tem nada lá perto que chame muito a atenção, não custa perguntar a algum transeunte se ficar perdido. No fim de semana o horário é restrito: sábado funciona de 8h às 13h e domingo fica fechado.

Capela das Almas
Construída no século 18. A igreja é muito simples por dentro, mas por fora é revestida de azulejos portugueses, formando imagens de santos. Não gaste tempo entrando na capela, o mais interessante está do lado de fora.

(Nem me lembro como era a igreja por dentro, mas por fora! Foto tirada desse link)

3º passeio - Foz

TRAJETO: Seguir pela estrada da Circunvalação até a rotatória (que na terrinha eles chamam de "rotunda") na qual está o Monumento aos pescadores. Virar a esquerda e seguir pela Esplanada do Rio de Janeiro. Na próxima rotunda, visitar o Castelo do Queijo. Procurar algum aluguel de bicileta para passear pela Avenida de Montevideu e Avenida Brasil. Quando a Avenida Brasil virar uma bifurcação, seguir pela Rua de Diu. Passar a praça do Império e seguir pela Avenida Mal. Gomes da Costa. Visitar a Fundação Serralves. Se sobrar tempo, pegar um ônibus até o final da Avenida Boavista e visitar a Casa da Música.


Monumento aos Pescadores
O nome oficial da estrutura é She Changes, de autoria da estadunidense Janet Echelmann. Também chamada de "A Anemona" ou Escultura de Rede, por ser inspirada em uma rede devido a cultura da pesca local. O monumento fica na Praça Cidade do Salvador.

(Como foi feito ou colocado aí? Não me perguntem... Foto tirada desse link)

Castelo do Queijo
Também conhecido como Castelo de São Francisco Xavier, dizem que o foi construído sob um local sagrado de uma tribo Céltica que veio para a Península Ibérica no século 6 a. C. Foi construído no século 15. D. Miguel usou o local para bomberdear as tropas liberais de D. Pedro. Célebre pelo seu miradouro, é um dos melhores locais para se apreciar o pôr-do-sol da cidade. Abriga ainda exposições temporárias. Ele funciona todos os dias, de 13h as 18h (exceto segundas-feiras) e a entrada é gratuita.

Fundação de Serralves
Museu de arte contemporânea, único do gênero na região norte do país. Ao lado fica o Parque de Serralves, com espécies da flora típica de Portugal. Também funciona todos os dias, menos às segundas-feiras. Os horários e os preços podem ser consultados nesse site. Aos domingos a vista é de graça.

Casa da Música
Foi construída para ser o espaço de encontro de todas as músicas. Inaugurado em 2005, tem salas, bares, biblioteca. O prédio por si só já é uma atração e tanto, com um formato singular e revestido de azulejos portugueses (mas nada conservadores). Cada parte da Casa funciona em horários diferentes, de acordo com os eventos no local. Já as visitas guiadas têm horários e dia específicos para acontecer. Entre no site oficial para conferir.

(Inovação em arquitetura. Foto tirada desse link)

Onde comer

Aqui, os locais já citados nesse e no post passado... e outros "lugarzinhos"

1. Chez Lapin: Tem de tudo, do nosso PF de cada dia até uma boa comida típica portuguesa. Fica na Rua dos Canastreiros, 42, Ribeira.

2. Café Guarany: Fundado em 1933, era ponto de encontro dos músicos da cidade. Sexta e sábado a noite a casa apresenta shows de fado. Fica na Avenida dos Aliados, 85, Centro.

3. Abadia: Fundado em 1939, era o o local onde os peregrinos religiosos (normalmente a caminho de Santiago de Compostela) descansavam. Serve comida portuguesa. Fica na Rua Ateneu Comercial do Porto, 22-24, Baixa (Zona histórica).

(Suculentos, não? A primeira foto é de um bacalhau a Gomes de Sá, uma das receitas típicas de Portugal. Abaixo, uma francesinha master, com o dobro de recheio da tradicional. Foto tirada desse link)

4. Majestic Café: É o mais tradicional café da cidade, fundado ainda em 1921. Era ponto de encontro deos maiores artistas e políticos da época. Fica na Rua Santa Catarina, 122, Centro.

5. Solar do Vinho do Porto: Comida boa, mas o que mais impressiona é a paisagem. O restaurante tem vista para o Rio Douro e garante um lindo pôr-do-sol. Fica na Rua de Entrequintas, 220, Quinta da Macieirinha. Abre às 16h.

6. Capa Negra: Conhece a francesinha? É o sanduíche mais famoso do Porto e faz sucesso entre os jovens. A forma clássica é feita de pão de forma, recheado com linguiça, salsicha, presunto e um filé boi, cobertos com queijo derretido e um molho especial. Já ouvi dizer que no Capa Negra está a melhor francesinha da cidade (apesar de muitos preferirem aqueles de barraquinha mesmo). Fica na Rua Campo Alegre, 191.

Um comentário:

  1. E ai ju???
    To muito orgulhosa de voce!
    Estou acompanhando a sua trajetoria pela Europa e estou encantada com sua gramatica.
    Parabens aos professores do Magnum e aos seus pais que com certeza foram os primeiros a ensinar as primeiras palavras de portugues...
    Ah! Curta bastante, estude o maximo possivel e tenho certeza que vai ser uma experiencia e tanta e uma imensa bagagem para o seu curriculo.
    Nao se esqueca de incluir nas suas proximas viagens a America do Norte, aqui tem uma cultura bastante particular e bem diferente da
    Europa e da America do Sul.
    Beijos, sucesso e pe na estrada pelo mundo afora. Neila

    ResponderExcluir