segunda-feira, 5 de julho de 2010

As flores da estação

Quando a gente está acostumado a andar em um local , certas coisas passam batido. É o que acontece aqui em BH. A cidade é muito bonita e muito arborizada. Mas é tão comum ver sequências de árvores e plantas verdes nas calçadas, canteiros centrais e jardins dos prédios que, por vezes, esquecemos que elas estão ali.

Tanto que nem sei se foi esse fim de semana que tudo começou ou se já faz algum tempo, mas vocês já pararam pra reparar nos ipês da cidade? As árvores estão todas floridas!

(Ipê na Praça da Estação. Foto tirada desse link)

O ipê é uma árvore brasileira originária da Mata Atlântica e seu nome significa "árvore com casca grossa". A espécie é muito usada na arborização da cidade, pois suas raízes não são agressivas. Os ipês florescem uma única vez no ano, na época do frio. E quanto mais frio e seco o tempo estiver, maior é sua floração.

Em BH, encontramos três espécies. O ipê-amarelo, em menor quantidade, o ipê-roxo e o ipê-rosa. Os dois últimos são bem parecidos, mas podem ser diferenciados por um pequeno detalhe: o ipê-roxo perde todas as suas folhas durante a floração, fato que não ocorre com o ipê-rosa.

Para mim, essa é outra peculiaridade de BH. Primavera? Que primavera? A cidade fica bonita mesmo é no inverno, com suas flores coloridas. Apesar do imenso calor que insiste em nos fazer esquecer, moramos sim em uma cidade montanhosa!

(Praça do Papa. Foto tirada desse link)







(Imagens da Praça da Liberdade, um dos melhores locais para apreciar a beleza dos ipês no inverno. Além de muito floridos, a praça tem exemplares das três cores. Fotos tiradas desse e desse link)

(Alameda dos Ipês, na região da Pampulha. Foto tirada desse link)

(Parque Municipal. O Othon Palace Hotel está ao fundo. Foto tirada desse link)

P.S.: Esse é o post número 100!! Quem diria que esse blog ia funcionar heim?! Heheheh! Obrigada a todos que viram, leram, comentaram e divulgaram. E todos que não fizeram nada disso, mas apoiaram de algum jeito também!

P.P.S.: Olhando meu blog e o post anterior sobre Copa do Mundo eu pergunto: existe alguém mais pé frio do que eu? TODOS os times que torci nas quartas perderam... Acho que vou a vestir a camisa da Alemanha. Espero que funcione...

3 comentários:

  1. Xú!!!!
    Nem fala!!! Tô amando os ipês na cidade também! Já tinha reparado, deve ter quase 2 semanas que eles estão embelezando BH, como todos os anos!!
    Uma observação:
    Ipês são espécies caducifólias, ou seja, perdem as folha no outono, ou seja, perdem as folhas para ganhar flores. Não é específico dos roxos. Na frente do meu quarto tem um amarelo e ja reparei nos rosas espalhados pela cidade.

    ResponderExcluir
  2. Adoro os ipês de BH também, Ju.
    Ano passado, quando ia pra UFMG ficava encantada com a Catalão. Tem um monte de ipês e fica a coisa mais linda nessa época do ano!
    Só assim pra eu me sentir feliz indo pra aula 7h30 da manhã! (Se bem que já começo a sentir saudades...rs)

    ResponderExcluir
  3. deve ser por isso que Diamantina tem os ipês amarelos mais lindos do mundo. Sempre que é época do festival de inverno, a cidade fica cheia de ipês de tirar o fôlego. também... a cidade é tão seca e fria que dói pra respirar. :)

    ResponderExcluir